8 alimentos mais mortais do mundo

E aí curiosos sejam bem-vindos! Alimentos são uma necessidade básica, não é mesmo, mas algumas pessoas preferem transformá-los em uma aventura que pode trazer sérios riscos à saúde e até para a própria vida, então conheça hoje 8 alimentos mais mortais do mundo.

8. Casu marzu

Casu marzu

E abrimos a lista com uma comida tão nojenta que nem dá para acreditar que alguém tem coragem de comer, esse é o queijo italiano que no processo de fermentação é deixado sobre a ação de moscas para que elas depositem as suas larvas e assim por três meses ele fica exposto até que esteja completamente pronto, para não dizer apodrecido, depois disso o próximo passo é colocar no prato, é galera pode parecer horrível mas ele faz muito sucesso e por ter a venda proibida se tornou ainda mais valioso e o problema mesmo é que as larvas que vão no recheio podem resistir a sucos gástricos ficando vivas dentro de quem come.

7. Baiacu

Baiacu

Da Itália para o Japão chegamos ao peixe baiacu ou fogo uma comida muito apreciada na terra do sol nascente, e o que muitos não sabem é que ele é considerado um dos vertebrados mais venenosos do mundo, pois possui uma toxina chamada tetrodotoxina que é altamente mortal, esse veneno natural pode estar em todo corpo do peixe até mesmo nas escamas, por isso apenas chefes com uma licença especial podem vender o baiacu legalmente, pois os demais colocam em risco a vida de pessoas. É pessoal não é à toa que anualmente existem registros de vítimas que morrem experimentando eles em restaurantes.

6. Castanhas do Pará

Castanhas do pará

Apesar de serem o tipo de nozes muito popular aqui no Brasil elas podem conter o mal escondido, e ele é o selenium uma substância nociva para o nosso organismo que se encontra em pequena quantidade na castanha-do-pará, portanto comer mais de seis ao dia pode ocasionar uma overdose de selenium, já as castanhas tradicionais contém cianeto algo que pode nos prejudicar em grande quantidade, como se não bastasse isso elas ainda vem com urixou uma toxina alérgica que pode afetar a pele de quem manuseia castanhas não torradas.

5. Mandioca brava

Mandioca brava

Muito parecida com a mandioca comum exceto pela forma mais fina e caule mais fibroso, essa é mais uma armadilha natural rica em ácido cianídrico, e quando não é cozido em altas temperaturas ela pode causar a fraqueza, falta de ar, desnorteamento e até mesmo coma seguido de morte, por tantos perigos ela só é usada para a produção de farinha.

4. Amêijoas com sangue

Amêijoas com sangue

Também proibido devido aos riscos que traz a saúde as amêijoas continua sendo apreciada na China, dessa vez o problema do prato é justamente o preparo que consiste em um cozimento de só alguns segundos, pois os chineses acreditam que quase cru é como elas ficam mais saborosas, assim semi cruas elas conservam muita bactérias e impurezas que podem gerar problemas graves e mortais, para prevenir tragédias a lei chinesa deve pagar a 10 vezes o que ganhou na venda.

3. Hákarl

Hákarl

Mas não pense que é só o queijo que é pior com o apodrecimento, na Islândia eles usam um processo parecido com a carne de tubarão da Groenlândia, eles enterram os pedaços de 6 a 12 semanas e em seguida o expõe por volta de um ou dois meses, o cheiro pode não ser o ponto auge do prato mas ainda assim ele é muito apreciado.

2. Ackee

Ackee

Muito famoso na Jamaica esse é quase o símbolo nacional mas pode perder seu cargo de queridinho para rejeitado, o motivo é que se alguém por vacilo colher ele não estando maduro o ackee pode trazer intoxicação com desmaios e até mesmo morte, o vilão seria hipoglicina presente, essa substância cancela uma função do organismo abricó neogênese que é responsável pela produção de glicose no fígado e nos rins.

1. Sannakji

Sannakji

E se algum dia você for na Coreia peça qualquer coisa mas nunca pensa em pedir o Sannakji ao menos é claro que você tenha interesse de degustar um polvo esquartejado se mexendo na sua boca, o mais tenso é que não satisfeito em comer os animais frescos algumas pessoas nem mastigam para ter a sensação dos tentáculos se movendo enquanto descem pela garganta, nem preciso dizer o quanto isso traz risco de engasgue né, pois é muito rotineiro que alguma ventosa fique grudada na garganta de um azarado que optou por comer o povo se contorcendo.

E aí pessoal vocês gostaram do artigo? Então se inscreva no site para não perder nenhum artigo novo, então nós vamos ficando por aqui e um forte abraço. Valeu!!

Via: Exame

5 (100%) 1 vote[s]

Comentários no Facebook